Posts com Tag ‘rebeldia’

Algo estranho

Publicado: março 12, 2013 por slyfer052 em Contos
Tags:, , , , , , , ,

Então, o exausto urso chegava do passeio em família. Havia ficado horas no shopping esperando sua esposa escolher o melhor lacinho, e gastado fortunas na loja de brinquedo com seu filho – Que dia… Que dia… – Pensava consigo.

Abriu a porta e notou algo estranho. Parecia tudo normal… Todavia algo estava estranho. A sala estava perfeitamente em ordem.

- Vamos comeeeeeeeerrr! – gritou Nicolas, seu guloso filho urso – correndo para a cozinha.

Sua esposa Helena o encarava.

- Que foi amor?

Ele a fitou por segundos -… Nada…

- Não precisa ficar envergonhado, sei que me achou linda com esse lacinho novo – Esbanjou humildade.

- PAAAAAAI!!! –Berrou o pequeno.

O gigante correu para a cozinha e a encontrou em perfeito estado, tirando dois fatores: uma das cadeiras estava quebrada, e uma das sopas que haviam deixado para esfriar simplesmente desapareceu…

Os três se entreolharam assustados. Nunca havia ocorrido algo semelhante com eles… O ursinho agachou perto dos trapos de madeira e segurou as lagrimas.

- Minha cadeira…

A mãe ficou assustada, olhando para a cena. Embasbacada.

Já pai urso começou a investigar por toda a casa, todos os objetos, todos os móveis, tudo nos mínimos detalhes, mas de novo não encontrou nada…

Entretanto, num forte tom de ironia, foi ao tentar se acalmar que sentiu algo estranho no ar… Um cheiro. Logo, a gigantesca criatura subiu as escadas correndo e soltando urros enraivecidos se deparando com uma pequena donzela, dormindo na menor cama da família.

Ela vestia um vestido azul claro, era loira com vários cachinhos, uma graça. Principalmente dormindo com suas mãos juntas sob a cabeça. Linda.

O urso não teve duvidas.

- RRWWWOOOOOOOOAAAAAAARRRRRRR!!! – Rugiu o urso.

O cérebro da pequena pensou em despertar com o susto, com o urso, com a movimentação! Mas antes disso a menina se espatifou contra a parede dura. Pareceu uma boneca voando com a forte patada do urso, e simplesmente se desmontando na parede.

Estava morta a menina.

O filho e a esposa olharam para o pai sem saber o tipo de reação que deveriam ter…

- Pronto, estamos bem agora – Disse o pai urso, tranquilo.

Depois desse dia, o líder da família urso sempre deixou a porta de sua casa aberta. Nunca se sabe quando uma outra ótima refeição poderia entrar em sua moradia.

Fugi de casa

Publicado: novembro 23, 2010 por slyfer052 em Contos
Tags:, ,

            Após brigar com minha família e ter fugido de casa, estava sentado na calçada, vendo o céu que brilhava, vendo as pessoas passarem… Algumas olhavam para mim assustadas, enquanto outras olhavam maravilhadas com minha beleza. Logicamente, aproveitava a situação, e me exibia para quem passava. Algumas meninas, até me davam bola, mas queria apenas zoar, não dava tanta atenção.

            Algumas horas se passaram, e acabei ficando com sede… Mas minha casa estava muito longe. Resolvi esperar alguém passar.

           - Ei velho! Traz a minha água! – gritei.

           Mas o velho em questão, não sei por que, se assustou!

           - Poxa, que susto você me deu! – Disse ele.

           Velho maluco… Pelo menos ele vai pegar a minha água, pensei. – Mas não foi o que aconteceu. O velho seguiu em frente, como se eu não tivesse falado nada. – e agora, o que eu faço…? – Esperei outra pessoa passar.

           - Ei moça! Traz água pra mim! Por favor! – Dessa vez pedi, ”por favor”, talvez a minha falta de educação tenha feito o velho me ignorar anteriormente…

           A moça olhou pra mim, me encarou por uns segundos e seguiu em frente. De novo, fui ignorado. – Por que estavam me ignorando? Será que ninguém gosta mais de mim? – A tristeza bateu, ignorado, sozinho, longe de casa… A tristeza foi tanta, que até esqueci da minha sede… Só conseguia pensar na solidão em que me encontrava… – Talvez, tenha sido má idéia ter fugido de casa.

           - Achei você! Vem Rex!

           Meu dono me chamou, e com alegria fui até ele.