O julgamento

Publicado: junho 22, 2012 por slyfer052 em Contos
Tags:, , ,

-… Deus é você? – Perguntou Oscar embasbacado observando uma grande luz a sua frente.

– Não!

Oscar não sabia se ficava mais surpreso com a resposta ou com o fato de tê-la obtido. E nos segundos seguintes pensamentos tenebrosos se sucederam, desde “então onde estou?” à “então quem é você?”. Ficou em silencio, totalmente desequilibrado. E quando achava que iria surtar de vez…

– HAHAHAHA! Você precisa ter visto a sua cara! HAHAHAHA!

– Haha, aiai, só você mesmo Deus pra fazer essa maldade – disse o anjo que surgiu como mágica [divina].

-…

– Sério, haha, vamos ver denovo! – Ouviu-se um estalo.

E a imagem surgiu ao lado deles, numa visão em terceira pessoa pouco distante. Um close no rosto de Oscar ao se levantar e olhar a grande e imensurável luz daquele lugar.

– Olha, olha essa parte! Hahahaha! Precisamos fazer isso mais vezes Gabriel – Não conseguindo se conter.

– Haha, sim senhor. Na próxima vou filmar de um ângulo diferente!

O vídeo continuou mostrando a imagem, agora Oscar respirava fundo, tomava coragem em seu peito e após segundos de pensamentos perguntou.  A resposta veio como um trovão. E caíram na gargalhada novamente.

Oscar se manteve em silencio nesse tempo, não sabia, não queria, não conseguia acreditar no que ocorria. “Deus estava me zombando?”

– Bem, mas… – Voltou, tentando segurar o riso – Estamos aqui pra decidir para onde sua alma vai, céu ou inferno. Imagino que você saiba como funcionam as coisas certo?

– … – Engoliu em seco- … É, acho que sim… – Disse finalmente.

– E você pode começar a falar, é… Você acha que deve ir ao céu, não, como é?

Oscilou por alguns instantes, e ainda confuso respondeu – Eu… Acho que devo ir para o céu. Sei que errei muito na vida, mas… Sempre fiz de tudo pra ajudar minha familia, meus amigos, e a todos. E eu sempre me dediquei ao máximo a tudo isso, antes mesmo da minha felicidade. E…

– Tá, tá.– já cansado de ouvir isso de todos que chegam ao julgamento – Mas o que você já fez por mim?

– Bem, eu… Já fui à igreja algumas vezes e…

– É verdade o que ele diz Gabriel?

O anjo agora de óculos, estava sentado a uma escrivaninha analisando o livro de registros.

– Sim. Mas, aqui ta falando que ele só foi a dias de casamento, senhor.

Oscar engoliu em seco novamente.

– Você não acha que sou burro, né?

– Desculpa meu senhor… É que, pra ser sincero, eu… – Pensando no que dizer – Eu nunca consegui obter sua palavra, pois meus pais não eram católicos ou tinham crença alguma! – Completou uma cara de dó que apesar do esforço não escondia o desespero.

– Nunca conseguiu? E os montes de testemunhas de Jeová que mandei na sua casa domingo de manhã, hein?! – Irritou-se – Acha que nasci ontem?

– Calma senhor, lembre-se da sua pressão!  – alertou o anjo preocupado

– Calma? Esse “Humaninho” acha mesmo que pode me enganar?

Oscar se manteve em silencio, suando.

As luzes de apagam, e puderam ouvir uma voz longínqua enquanto um forte cheiro de enxofre invadia o lugar; – Já posso leva-lo? – A alma de Oscar gelou, e não conseguiu aguentar aquilo tudo, desmaiou.

– Satanás, acende a porcaria da luz!

– Opa, foi mal, o meu chifre esbarrou no interruptor – As luzes voltaram – Mas eu, posso levá-lo? – Perguntou com vontade, com um desejo internamente absoluto.

Deus respirou fundo – Pode – Respondeu com desdém.

O Diabo carregou Oscar para o andar de baixo e fechou a porta.

– Tomara que o próximo seja uma boa pessoa, cansei dessas pessoas malignas aqui. Quem é o próximo?

– Parece que é um tal de Adolf, dizem que ele estava fazendo muito sucesso la na Alemanha.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s