As gaiolas do tempo

Publicado: outubro 7, 2012 por slyfer052 em poemas
Tags:, ,

… Voei. Voei. Voei. Numa gaiola cheguei.

Gaiola estranha de ampla dimensão, de pensamentos próprios em eterna execução, mas com tudo a vagar, nunca realizar.

Voei. Voei. Voei. Numa gaiola cheguei…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s