Posts com Tag ‘em paz’

Brisas e brisas, brisas

Publicado: fevereiro 25, 2013 por slyfer052 em cronicas
Tags:, , , , , , , ,

As luzes distantes perdiam a nitidez, e voltavam quase desaparecendo pela distância. Pelo ar? O ar úmido não soprava. Parado, perdido. Fresco.

O céu num preto eterno, se perdia numa estranha imensidão. Enquanto isso, algumas bitucas de cigarro estacionavam ao chão rachado da calçada. Mudando a tonalidade do ar que subia…

Meus pés sentiam as pequenas pedras do chão, não doíam. Ái!

Os cachorros latiam ao ver outro vira-lata passar pela rua. Que guerra…

E o horizonte continuava, na  escuridão eterna…

Por pouco

Publicado: novembro 15, 2012 por slyfer052 em Contos
Tags:, , , , , ,

O vento emudecido, a vida tardia e a lotação populacional.

 

A estação empoeirada, as pernas exaustas e as luzes em movimento.

 

As pessoas do outro lado olhavam para todos os cantos com um desprezo eminente, não sei se cansadas ou apenas tristes. Entre nós os ratos a corriam entre os trilhos, fugindo, brincando e vivendo. Era comum, tudo aquilo. Desde minha mente delirante aos barulhos de carros ao fundo. O vento passou. Vuuhhhhhhhhh.

Que frio – ouvi algumas pessoas falando, mas não estava.

Olhei distantemente ao horizonte e vi dois pequenos brilhos se aproximando. Forcei meus olhos para enxergar melhor e então, como se minha mente voasse em meio a uma forte tontura, como se algo tomasse minha consciência, minha visão se enturvou e me vi caindo verticalmente enquanto os faróis se aproximavam. O céu nublado, os trilhos, e as luzes em minha direção. Uma tranquilidade me tocou tão forte quanto a sensação de um trem passando por cima de mim, fiquei em paz, minha respiração se foi e com ela meus batimentos.

Vuuuuuuuhhhhhhhhhhhhhhhhhh!

Um tufão passou rasgando meu tímpano e me expulsando de minha mente. Meu transe se quebrou, foi por pouco.

Meu coração disparou enquanto minhas pernas se tremiam. E lá estava eu, em frente aos trilhos, ao trem em rasante, trêmulo, com a respiração ofegante e suando frio…

Foi por pouco.

Nossa existencia

Publicado: agosto 15, 2012 por slyfer052 em Contos
Tags:, , , , , , , ,

– Vamos?  -Ela perguntava com aquele sorriso bobo e os olhos de maquiagem manchada.

Estávamos longe de todos, longe de tudo. A oferta mexia comigo e com meu ser desesperado e curioso. Ao mesmo tempo, era simples demais e eu queria algo mais! Mais complexo! Maior! Melhor!

Ela dizia que seria o ideal para nós dois.

Estava perplexo com tudo, confuso, e perdido… Mas não sei porque, tranquilo. Talvez por estar com ela e a mesma me acalmar só em estar diante de mim, ou talvez por estar chegando o momento da decisão. Entretanto, a proposta ainda me indagava, me segurava, trancava a alma.

Eu queria, mas temia…  Seria algo surreal!

Perfeito.

Talvez fosse a melhor coisa da minha vida, da nossa. E Talvez – Me deixei ir – não devesse perder essa chance…

– Vamos? – Ela perguntou novamente rindo de minha quietude…

Não pronunciei uma palavra, apenas sorri, ela compreendeu de imediato e nos beijamos. Nenhum sentimento ou preocupação se formou em minha mente. Estava em paz comigo e com o mundo.

Então, de mãos entrelaçadas demos um passo, o passo mais lento de toda minha vida.

Caímos, e nossa existência se foi para sempre.